sexta-feira, 5 de julho de 2013

Zé do Perequito


Zé do Periquito
de Amácio Mazzaropi e Ismar Porto, Brasil, 1960, 100 min

Filme visto dia: 05/07/2013

Minha Cotação: 

Comentário:  4ª produção da PAM filmes, produtora de Mazzaropi criada em 1958. A direção do longa assim como o roteiro é do próprio Mazzaropi juntamente com Ismar Porto. O roteiro apesar de inventivo em alguns pontos deixa muitas situações do filme soltas com conclusões bastante forçadas, mas tratando-se de um filme de Mazzaropi já esperamos que as situações armadas não irão fugir muito do apelo popular e das situações criadas para puro entretenimento. A trama segue o personagem Zé Nó (Mazzaropi), que vai para uma cidade após sair do emprego de jardineiro em uma escola na tentativa de ganhar dinheiro e assim poder casar com a jovem Carmem, interpretada pela boa atriz Amélia Bittencourt (1938). Ao chegar na nova cidade com seu realejo e o periquito da sorte ele conhece uma maltrapilha chamada Pelanca, papel de Geny Prado, que sabe todos os segredos da cidade e o ajuda a enriquecer. Talvez com uma direção mais caprichada esta produção de Mazzaropi poderia ter sido uma de suas melhores comédias, mas o descuido com algumas situações do roteiro fizeram o filme cair bastante no ritmo.




_______________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário