quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Gamera: Super Monster

Gamera: Super Monster, 1980
Direção: Noriaki Yuasa

Minha nota: 6.9


   Após nove anos sem filmar um longa com a tartaruga gigante, a Companhia Daiei que estava praticamente falida, resolveu fazer um novo lançamento de Gamera, trazendo mais uma trama em que todo o material já filmado pudesse ser utilizado e reaproveitado dentro do roteiro. 

   A trama então narra a tentativa de invasão de um demônio alienígena chamado Zanon, ele envia uma alienígena para terra afim de conquistá-la, mas antes ela terá de derrotar Gamera e o trio de super-heroínas conhecidas como "as mulheres do espaço". E claro que em filme de Gamera não poderia faltar um daqueles garotos espertos gritando por Gamera a cada segundo e mantendo com ele um contato de amor e carinho.

   Quem já viu todos os filmes anteriores vai ter que aturar o repeteco de todas as lutas de Gamera desde Barugon, mas as lutas não são colocadas na mesma ordem dos lançamentos individuais, Gamera luta na seguinte sequência com os monstros: Gyaos (o monstro supersônico voador), Zigra (o tubarão alien), Viras (a lula espacial), Jiger (o lagarto gigante), Guiron (a besta do espaço) e por último Barugon (outro largartão gigante), que na sequência original foi o primeiro a lutar com Gamera. Enfim, com um pouquinho de paciência dá pra rir e até se divertir um pouco com as tosquices do roteiro e das situações armadas para reaproveitar o material já filmado. Apenas dois minutos de cenas novas foram inseridas nas lutas dos monstros com Gamera, o resto foi edição das lutas antigas para reduzir os gastos com a produção. No elenco destaca-se a voluptuosa Mach Fumiake, lutadora de wrestler  no papel de Kilara, a líder das super-heroínas. Ela realizou seis longas em toda sua curta carreira como atriz, dois deles com o grande Noribumi Suzuki. E é claro, já estou correndo atrás destes dois longas.




__________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário