domingo, 11 de agosto de 2013

Tortura Selvagem - A Grade


Tortura Selvagem - A Grade
Direção: Afonso Brazza

Minha nota: 6,0


Comecei hoje a conferir os filmes do Afonso Brazza (1955-2003), um dos mais populares diretores e atores de filmes trash nacionais. Brazza nasceu no Piauí, mas fez parte de sua fama como cineasta em Gama, região administrativa do Distrito Federal em Brasília, onde faleceu em 2003 aos 48 anos vítima de um câncer no esôfago. Participou de algumas produções da "Boca do Lixo" na década de 70, tornou-se bombeiro, mas nunca deixou de lado a paixão pelo cinema. Seu primeiro filme como diretor veio em 1982 com "O Matador de Escravos" e chegou a realizar 8 produções, sendo que a última, Fuga sem Destino, foi finalizada pelo amigo Pedro Lacerda e lançada no Festival de Brasília em 2006. Na trama deste Tortura Selvagem acompanhamos o catador de papel Maicon que entra numa roubada quando alguns traficantes tentam incriminá-lo e ele passa a ser perseguido pela polícia e pelos traficantes. Cheio de erros de continuação e montagem e interpretações cheias de canastrice o filme é diversão certa para quem aprecia um bom trash. No elenco destaca-se a participação de José Mojica, nosso querido Zé do Caixão; e da esposa do Brazza, Claudette Joubert (1951), uma das musas da pornochanchada, esposa de Afonso Brazza até seu falecimento em 2003.




____________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário