quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

O Assassinato da Mulher Mental


O Assassinato da Mulher Mental
Direção e roteiro: Joel Caetano

Minha nota: 7,0


    Com o lançamento em 2000 do filme X-Men de Bryan Singer e posteriormente os sucessos de Homem-Aranha (2002), além de Watchmen em 2009 e a nova série Dark Knight do Batman trouxeram os super-heróis de volta ao estrelato com bilheterias cada vez mais rentáveis. Hoje em dia com o gigantesco sucesso da série de filmes do Homem-de-Ferro e da bilionária bilheteria dos Vingadores (2012), os investimentos com as franquias de super-heróis são a mina de ouro das produtoras norte-americanas com produções cada vez maiores e mais caprichadas. Sem contar logicamente com os milhões de dólares em efeitos especiais e marketing dos filmes norte-americanos, o diretor brasileiro Joel Caetano usa sua paixão pelo cinema, o facebook, o youtube e os recursos que a internet dispõe para dar vida ao curta-metragem "O Assassinato da Mulher Mental".
    Lançado em 2008 nos festivais que acolhem as produções que surgem nas bordas do cinema mainstream, o filme de Caetano bebe na fonte destes filmes de super-heróis sem abrir mão do humor. A trama narra o reencontro de antigos combatentes do crime que se juntam para solucionar o assassinato da Mulher Mental, interpretada por Maria Zani. Juntos descobrem que sua morte é apenas parte de uma trama de conseqüências catastróficas.
    O filme inicia com o quarto movimento da 9ª sinfornia de Beethoven,"Ode a Alegria" e com o diálogo entre Hyperhomem (Joel Caetano) e seu ex-companheiro de grupo chamado Bruma (Danilo Baia), que o convoca a investigar quem assassinou a Mulher-Mental (Maria Zani). Mesmo ficando aquém de outros trabalhos como "Gato" e "Minha Esposa é um Zumbi", Caetano consegue demonstrar sua paixão pelo cinema criando com sua Recurso Zero Produções mais um filme que dá vida ao cinema de bordas nacional e contribui para inspirar outros pequenos produtores e sonhadores a fazerem seus próprios filmes.






_____________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário