domingo, 12 de janeiro de 2014

Mutant Girls Squad


Mutant Girls Squad
Direção: Noboru Iguchi, Yoshihiro Nishimura e Tak Sakaguchi, Sentô shôjo: Chi no tekkamen densetsu , Japão, 2010


Minha nota: 7,0


Com uma narrativa dividida em três capítulos, este Mutant Girls Squad é mais um produto do Hypergore japonês, filmes que misturam fantasia, gore, comédia e horror. A direção é dos já famosos Noboru Iguchi (Machine Girl) e Yoshihiro Nishimura (Tokyo Gore Police), incluído nos créditos também temos o ator e diretor Tak Sakaguchi. 

O filme já começa mostrando o esquadrão de garotas mutantes em cenas de ação contra um grupo rival cujos integrantes disparam tiros por uma espécie de nariz mecânico. Quem já viu alguma das outras produções recentes do hypergore japonês como Machine Girl, Sukeban Boy, Vampire Girls vs. Frankenstein Girls ou Tokyo Gore Police, já sabe o que esperar do filme, ou seja, muita ação, cabeças decepadas, sangue jorrando exageradamente com direito a esguichos que sujam a câmera e o cenário inteiro, piadas com conotação sexual e diversas bizarrices com monstros e mutações diversas. 

A personagem principal chamada Rin, interpretada pela bela Yumi Sugimoto, descobre ao completar 16 anos que seu pai é um mutante, e que ela a partir daquele momento começaria a desenvolver seus poderes, sua vida então começa a mudar assustadoramente quando ela é convocada para fazer parte de um grupo com outras garotas mutantes lideradas por um Samurai Travesti chamado Kisaragi, interpretado pelo ator e diretor Tak Sakaguchi. Apesar do filme cair um pouco no segundo ato, melhora bastante no ato final quando a ação desenfreada e as maluquices visuais dos diretores começam a tomar uma forma ensandecida.


Teaser Trailer





TABELA
NOTAS (0 A 10)
CENAS VISCERAIS / GORE
7
NUDEZ
4
PERFORMANCES
6
ROTEIRO
5
RITMO
6


___________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário