quarta-feira, 12 de novembro de 2014


Alexandre e o Dia Terrível, Horrível, Espantoso e Maravilhoso
Direção: Miguel Arteta, EUA, 2014


Compartilhar o seus sofrimento com a família, fazer com que estes sintam-se também fracassados e derrotados por pelo menos um dia, é o inusitado desejo do personagem Alexandre, interpretado pelo jovem e bom ator Ed Oxenbould. O grande trunfo desta comédia da Disney é o grande carisma do elenco, Jennifer Garner e Steve Carrell conseguem boa sintonia como casal, carismáticos, exalando o tom alegre e farsesco da comédia, e mesmo com algumas piadinhas extremamente forçadas e excessivamente ingênuas e previsíveis, o filme acaba funcionando bem como comédia familiar despretensiosa. Em um mundo onde todos parecem a cada dia ainda mais controlados e com suas máquinas desejantes cerceadas pelo capitalismo que explora as máscaras da felicidade, ver um filme onde o sofrimento é o ponto de encontro para unir a família, soa como um fluxo de criatividade e inventividade em meio ao turbilhão de clichês produzidos anualmente na indústria norte-americana, principalmente quando o mercado de exploração são as comédias familiares do padrão Disney.




_________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário