quarta-feira, 19 de novembro de 2014

ESTUDOS PARA UM INÍCIO CRIATIVO DE PESQUISA ESQUIZOANALÍTICA DO CINEMA


Chris Harrison / Internet Maps


Para uma reflexão e produção em constante movimento

Um filme como plano de imanência, repleto de outras conexões, infinitas, cheias de fluxos e desejos que transbordam de seu próprio platô. Desconfigura-se, por mais que se queira cercá-lo, intensidades diferentes provocam em que os vê. Eis um ponto de partida.





_______________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário