domingo, 28 de dezembro de 2014

O Erro de Darryl Cunningham nos Contos Psiquiátricos



Por Wendell Borges [28/12/2014 - 11:10]


Errar é humano, e colocar seu trabalho artístico à prova na internet é um bom meio para fazer uma revisão do trabalho, tendo alguns erros ortográficos apontados pelos internautas. Nas 13 páginas  que encerram o último capítulo da obra Psychiatric Tales do cartunista britânico Darryl Cunningham, o quadrinho no qual ele fala sobre os problemas psiquiátricos da atriz Judy Garland, ele cometeu um pequeno erro na palavra "Legacy", colocando com "S", "Legasy", como pode ser visto na tira acima. Um leitor fez a observação no blogue do autor. Esta manhã eu estava lendo a obra 1001 Comics You Must Read Before You Die e como ando com um interesse crescente por Freud e sua psicanálise, chamou-me a atenção o título deste trabalho do Darryl Cunningham, então fui pesquisar na internet e encontrei o blogue do autor com alguns trechos da obra. 

A postagem surgiu porque quando eu estava lendo os quadrinhos também percebi o erro, até fui pesquisar se a palavra "Legasy" existia, mas quando dei uma olhada nos comentários no blogue do autor, vi que um usuário havia feito o alerta do erro. Complementando então, como sou professor de língua inglesa e os alunos por vezes cobram a perfeição do professor, é bom sempre anotar exemplos como estes de que até mesmo os escritores norte-americanos cometem seus errinhos vez ou outra.





___________________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário